Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Um blog mais ou menos fit

Este é apenas um espaço de partilha de algumas coisas do meu dia-a-dia, alimentação, desporto.... coisas mais ou menos fit :-)

Um blog mais ou menos fit

Este é apenas um espaço de partilha de algumas coisas do meu dia-a-dia, alimentação, desporto.... coisas mais ou menos fit :-)

Pipocas fit

Já não fazia esta receita há imenso tempo mas um destes dias à noite deu-me uma daquelas vontades de comer "porcarias" e como há pouco disso cá em casa lembrei-me que podia fazer as pipocas fit! E o que são umas pipocas fit? São pipocas sem óleo e sem açúcar e/ou sal! 

Para além de saudáveis são bastante fáceis de fazer, só precisamos de milho, água, um recipiente de vidro que possa ir ao microondas e película aderente. 

Colocar 2 colheres de sopa de milho no recipiente e 4 colheres de sopa de água (a proporção é sempre o dobro de água para a quantidade de milho). Tapar o recipiente com película aderente e fazer uns furinhos com um garfo. Levar ao micro ondas por 5, 6 minutos e já está! O tempo vai depender do vosso microondas, no meu a partir do minuto 3 ou 4 o milho começa a saltar e depois é ir vendo quando já estão prontas. 

(null) (1).jpg

Esta é a receita mais saudável, mas para aqueles que já estão a pensar que estas pipocas não têm sabor nenhum deixo aqui outras opções ainda saudáveis e alternativas às pipocas feitas em óleo e com carradas de açúcar e/ou sal. 

  • Receita base e por fim polvilhar com canela ou cacau em pó 

(null).jpg

  • Versão salgada: juntar ao milho e à água uma colher de chá de sal 
  • Versão doce: juntar ao milho e à água uma colher de chá de açúcar

Se gostarem da versão mista basta juntar as duas coisas. E se acharem que a quantidade não é suficiente polvilhem no final com mais açúcar e/ou sal. Apesar de ficarem menos fit fazem certamente menos mal que as pipocas feitas em óleo!

 

 

 

 

A meia maratona de Lisboa!

E ontem foi o dia da meia-maratona de Lisboa (da Ponte 25 de Abril). Já vos tinha dito aqui que não tinha grandes expectativas para esta meia-maratona e que o objectivo este ano era apenas terminar com um tempo razoável (quem diz razoável, para mim seria abaixo das 2h06m vá)!

Gostava muito de um dia conseguir atingir a marca das 2h ou 1h59m (nem peço muito!) mas sabia que não ia ser este ano por diversas razões... porque treinei muito menos que no ano passado, corri 3 vezes 15km nos últimos fim-de-semana antes da prova e mais umas corriditas. Isto porque me tenho dedicado mais ao Crossfit (se não sabem o que é leiam aqui). Para ajudar coincidiu também estar naqueles "dias" e as mulheres que correm sabem bem como isso afecta na corrida. Com tudo isto o objectivo era mesmo fazer a prova o melhor possível sem stressar com o resultado e tentar divertir-me! Para além disso ia ter a companhia da minha amiga "S", que me acompanhou nos treinos e que também me acompanhou nos "dias" difíceis, até parece que combinámos!

blog meia.jpg

O dia era suposto começar às 7h30m, pelo menos era a hora a que o despertador ia tocar, mas começou bem mais cedo com aquele nervoso miudinho que não me deixou dormir a partir das 6h e pouco...  O pequeno-almoço é sempre uma refeição muito imporante, mas mais ainda antes de uma corrida de tanto tempo e que deve ser feito 2h a 2h30m antes, e que consistiu em pão de malte (do pingo doce) com queijo light e fiambre de peru + banana com canela + mokambo. A roupa já tinha ficado preparada do dia anterior, não convém perder tempo no dia a decidir o que vamos vestir! Basicamente para esta corrida foram uns calções nike, ténis nike, top holmes place, blusa lidl (que não está na foto mas muito porreirinha e foi bastante barata!) e meias de compressão (não sei a marca) que me ajudam bastante e me dão conforto especialmente nestas corridas mais longas.  Não podia faltar também o ipod (correr sem música não dá!) e o nike+ sportwach GPS para controlar os km's, tempo, calorias, etc. Barrinha e gel energético no bolso, e bora lá correr 21km!

Apanhámos o comboio das 8h55m em Entrecampos e pouco depois das 9h30m já estávamos no tabuleiro da ponte a comer a nossa barrinha energética e à espera da hora da partida que foi às 10h30m. Esta é a parte que me chateia mais, toda a logística e tempo até chegar à ponte e aquele tempo de espera pela hora da partida, aquele nervoso miudinho misturado com ansiedade!

10h30m - Partida! Como sempre até chegar à linha da partida passam sempre uns 3 ou 4 minutos devido à quantidade de pessoas que temos à frente. E aí vamos nós!

O tempo apesar das previsões de chuva estava razoável, calor que permitia correr sem casaco (demasiado calor até ao fim de uns quantos km's), nada de chuva e algum ventinho. 

Quem já fez esta meia-maratona sabe que os km's em cima da ponte não são fáceis devido à quantidade de gente quantidade de gente em cima do tabuleiro, é um zig zag constante! Este ano esse zig zag não se ficou só pelo tabuleiro mas senti-o durante quase toda a corrida devido à quantidade de participantes na prova, o que tornava mais difícil tentar manter um ritmo constante. O tempo que se perde nos abastecimentos também é maior, mas o truque é não ir logo às primeiras mesas de abastecimento onde se encontra o maior aglomerado de gente, e depois é pegar na água e seguir porque temos tempo de beber e refrescar no km seguinte. Quando digo refrescar é literalmente despejar a garrafa pela cabeça, ajuda bastante com o calor acreditem!

Antes da prova tinha pensado que o ritmo rondaria os 5'50, 5'55 por km, tendo em conta os treinos que tínhamos feito de 15km's mas nos primeiros km's apercebi-me que estávamos com um ritmo mais elevado mais ou menos por volta dos 5'45/km. Os primeiros 10 km's de uma meia-maratona são muito importantes, se chegarem aos 10 km's muito cansados o resto da prova vai ser muito complicada, por isso o melhor é gerir muito bem o esforço na primeira metade da prova. Quando cheguei ao km 10 ia com 57min e não me sentia cansada, sentia-me bem e com pulmão e pernas para seguir no mesmo ritmo. Aqui comecei a pensar que se calhar ia conseguir fazer um tempo melhor do que tinha pensado inicialmente, próximo até do tempo do ano passado (2h02m)... e não é que consegui bater o meu recorde pessoal em 1 min?! Ah pois é, tempo total de 2h01m!!!! Yuppieee!!! Fiquei muito contente e com um enorme sentimento de realização pessoal. É por isso que adoro correr :-)  E só posso concluir que o Crossfit ajudou muito e que tem feito muito mais pela minha condição física do que eu já pensava que tinha feito! 

Um obrigada muito especial à minha amiga "S" pela companhia e pelo esforço em me acompanhar nesta corrida <3

10949763_10202246998054791_8733011446312560094_n.j

certificado.jpg

Primeira foto é do Nike+: Tempo final: 02:01:46; Ritmo: 5'43''/km; Calorias: 1080. Segunda foto é o diploma do site oficial da meia maratona!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

   

Algumas refeições da semana #3

E hoje é dia de vos mostrar algumas das comidinhas desta semana!

IMG_0341.JPG

Pão 7 cereais (do pingo doce) com queijo light e fiambre de peru + laranja + café mokambo (feito com água e sem açúcar... se não gostam sem açúcar experimentem juntar canela!)

 

IMG_0339.JPG

Atum (ao natural, nada de em óleo ou em azeite!) + batata doce + tomate cherry + queijo quark

 

IMG_0342.JPG

 Arroz integral + frango (feito no forno) + lentilhas + tomate cherry + sementes de abóbora e girassol

 

IMG_0343.JPG

Iogurte grego ligeiro + banana aquecida com canela + manteiga de amêndoa + amoras (um belo lanche ou até sobremesa sem culpas!)

 

IMG_0348.JPG

Pasteis de bacalhau fit (feitos com grão e no forno) + esparguete de courgette com cogumelos (ver aqui como fazer "esparguete" de vegetais) + tomate

 

IMG_0350.JPG

"Batido" verde com granola (ver receita aqui

 

(null) (1).jpg

 Tigelada de batata doce e banana (ver receita aqui

 

foto1.jpg

Pão 7 cereais (do pingo doce), 1 fatia com clara de ovo e canela e 1 fatia com manteiga de amêndoa + kiwi com queijo fresco + café mokambo

 

foto2.jpg

Crepe de milho (depois partilho a receita) com queijo light e fiambre de peru + salada de abacate e tomate

 

foto8.jpg

 Iogurte grego ligeiro com banana e granola caseira de amêndoa e banana (depois partilho a receita) 

 

 

Iogurte com sementes de linhaça, chia e canela

 Iogurte com sementes de linhaça, chia e canela

IMG_0332.JPGIMG_0333.JPG

Sempre tive o hábito de comer algo a meio da manhã, ou seja não ficar horas sem comer entre o pequeno almoço e o almoço.  O que comia talvez não tenha sido sempre o mais saudável... mas sempre foi dentro do género iogurtes, frutas e/ou bolachas...  

Actualmente e já há bastante tempo que o meu lanche da manhã é sempre um iogurte natural 0% (marca Linea, compro no LIDL). O iogurte é sempre natural porque é o que eu prefiro mas podem usar iogurtes de sabores e de outras marcas. Tenham atenção aos rótulos e não vejam apenas as calorias, tomem atenção ao açúcar. Já repararam que alguns iogurtes contém cerca de 2 ou 3 pacotes de açúcar?! Provavelmente não... 

Ao iogurte junto sempre uma mistura de sementes de linhaça (costumo usar linhaça dourada moída) com sementes de chia e canela. A mistura costumo já ter feita numa caixinha que guardo na gaveta da minha secretária!  

A linhaça ajuda a diminuir a fome, ajudando a reduzir o consumo de calorias ao longo do dia. Esta semente sendo rica em fibras tem o poder de saciar e melhorar o funcionamento do intestino. Por ser fonte de ácidos gordos ómega 3 e 6 é um alimento que também combate a inflamação nas células deixando o organismo menos propenso a acumular gordura. Preserva as artérias e diminui a ansiedade e a compulsão por doces.

As sementes de chia são ricas em ómega 3, ricas em antioxidantes, cálcio, proteínas, fibras, vitaminas e minerais.

A canela, para além do sabor fantástico (adoro canela!) também tem imensos benefícios como favorecer a perda de peso, reduzir o açúcar do sangue impedindo que se transforme em gordura, acelera o metabolismo facilitando a queima de calorias, etc.
 
Uma coisa é certa, com este lanche a meio da manhã nunca chego ao almoço cheia de fome!
 

 

 

 

 

O espiralizador!

Consegui chamar à vossa atenção com este nome?!

Acreditem que é bem mais fácil usar do que pronunciar e basicamente serve para dar forma aos vegetais!

Depois de ver muitas receitas com esparguete de vegetais, que tornavam os pratos tão mais atractivos (não sei como é com vocês, mas os meus olhos também comem!), pesquisei como poderia fazer o mesmo e descobri então que existia uma coisa chamada espiralizador de vegetais. Não descansei enquanto não tive um para mim :-)

O aspecto da coisa é este:

IMG_0344.JPGIMG_0345.JPG

Apesar do aspecto não ser fantástico, é bastante fácil de utilizar e pode ser usado com diferentes tipos de vegetais, como por exemplo courgette, cenoura, pepino, abóbora, etc (na foto é uma courgette).

E o resultado é este! 

IMG_0347.JPG

Aqui fica um exemplo de um prato com "esparguete" de courgette com atum, abacate, tomate cherry e sementes de sésamo e de girassol!

IMG_0437.JPG