Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Um blog mais ou menos fit

Este é apenas um espaço de partilha de algumas coisas do meu dia-a-dia, alimentação, desporto.... coisas mais ou menos fit :-)

Um blog mais ou menos fit

Este é apenas um espaço de partilha de algumas coisas do meu dia-a-dia, alimentação, desporto.... coisas mais ou menos fit :-)

Como ler um rótulo de um alimento #2

E depois vos ter falado de algumas das informações a ter em atenção na leitura de um rótulo (ver aqui) vamos começar este segundo post com as famosas calorias!

 

As calorias correspondem ao valor energético do alimento. Esta quantidade de energia contida em cada alimento depende da sua composição dos seguintes grupos de nutrientes : os hidratos de carbono, as proteínas e as gorduras e podem ser calculados da seguinte forma:

  • os hidratos de carbono fornecem 4 calorias por grama
  • as proteínas fornecem 4 calorias por grama
  • as gorduras fornecem 9 calorias por grama

Macro-e-micro-nutrientes.gif

Sabendo a quantidade de cada um destes nutrientes conseguimos calcular as calorias do alimento! Estes grupos de nutrientes que servem como fonte de energia são chamados de macronutrientes. Do grupo de nutrientes fazem ainda parte as vitaminas, os minerais, as fibras e a água. 

 

hidratos.jpg

 

Começando pelos hidratos de carbono (ou glícidos), estes são a principal fonte de energia para a realização das funções do nosso organismo e são essenciais para uma alimentação variada e equilibrada. Encontram-se no arroz, farinha, massa, pão, cereais, batata, leguminosas (feijão, grão, favas, ervilhas, lentilhas), fruta, açúcar e mel.

 

Os hidratos são importantes na nossa alimentação pois ajudam a manter a massa magra, mas claro que o consumo em excesso pode levar ao aumento de peso e problemas como por exemplo, diabetes.   

 

 

Nos hidratos de carbono estão incluídos os açúcares que devem ser consumidos com muita moderação. O seu consumo regular e excessivo está associado ao desenvolvimento de doenças crónicas como a obesidade, a diabetes e as doenças cardiovasculares. A dose diária recomendada de açúcar por dia pela Organização Mundial de Saúde é de 25g. 

O açúcar é por isso uma das informações mais importantes a ter em atenção na leitura do rótulo, pois existe muito açúcar "escondido" em muitos alimentos processados, tais como bolachas, cereais, refrigerantes, etc.   

 

fitness chocolate.jpg

Vejam por exemplo os famosos cereais fitness. Quem é que nunca comeu estes cereais a pensar que estava a ter um pequeno almoço saudável e light?! Para começar, já experimentaram pesar os cereais e ver o que são 30g? É uma quantidade bastante pequena, e mesmo que apenas consumam a dose dos 30g que apenas tem 118 calorias (e que realmente não é muito), estas calorias são em sua grande parte açúcar... 7,1g de açúcar...Outro exemplo são os iogurtes que chegam a ter cerca de 15g num só iogurte, o equivalente a 3 pacotes de açúcar! 

 

Na escolha de alimentos com elevado teor de hidratos de carbono dêem preferência:

  • aos hidratos ricos em amidos e pobres em açucares dando preferência aos produtos integrais
  • aos que sejam ricos em fibras, mais de 6g por cada 100g de produto. As fibras são boas para regular o intestino, ajudar a emagrecer, diminuir o colesterol e a controlar a diabetes.   
  • aos que tenham mais de 6 gramas de proteína por cada 100 gramas de produto, 10 gramas é um valor bastante bom
  • aos que em termos de gorduras tenham valores inferiores a 10g por cada 100g de produto alimentar.

 

Mais informação sobre as proteínas e as tão "temíveis" gorduras no próximo post!

 

 

 

 

 

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.