Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Um blog mais ou menos fit

Este é apenas um espaço de partilha de algumas coisas do meu dia-a-dia, alimentação, desporto.... coisas mais ou menos fit :-)

Um blog mais ou menos fit

Este é apenas um espaço de partilha de algumas coisas do meu dia-a-dia, alimentação, desporto.... coisas mais ou menos fit :-)

Meia maratona de Lisboa 2016!

 IMG_3070 (2).JPGIMG_3073.PNG

 

 

Ontem foi dia de mais uma meia maratona de Lisboa!

Foi um dos primeiros posts que fiz no blog, sobre a meia maratona do ano passado (vejam aqui) e fiquei super contente em ter feito o meu melhor tempo até à data, de 2h01m, menos 1 minuto que em 2014!

 

Foi a 5ª vez que corri esta prova, e a minha 7ª meia maratona. "Gostava muito de um dia conseguir atingir a marca das 2h ou 1h59m (nem peço muito!)" escrevi eu no ano passado, e era bem verdade! Há uns 2 ou 3 anos que perseguia este objectivo e que os meus tempos rondavam as 2h02m, 2h01m... mas este foi finalmente o ano, e contra todas as minhas expectativas não só fiz menos de 2h como consegui 1h56m, menos 5 minutos que no ano passado :-)

Não é um tempo brilhante para muitos, mas para mim foi espectacular pois nunca pensei conseguir fazer este tempo e ainda para mais num dia em que não estava a 100%. Foi uma prova muito sofrida mas no fim valeu bem a pena, quando vi o relógio do tempo na meta nem queria acreditar!!!! Prova mais que superada :-)

 

Se no ano passado achava que tinha treinado pouco para a prova, este ano treinei ainda menos, fiz apenas 2 corridas longas de 15km, uma delas em que me arrastei (1h31m) e outra em que consegui baixar um pouco o tempo (1h26m). No fim-de-semana passado tinha planeado fazer o meu último treino de 15km mas uma dor na lombar não permitiu, corri apenas 10km num ritmo bastante lento e com muito sofrimento. Na 6f fui correr de novo, o plano era correr apenas 7km mas a um ritmo um pouco mais rápido... pois que a dor na lombar apareceu de novo e apenas corri 5km... Fiquei completamente desmoralizada e a pensar que se aquela dor aparecesse no domingo a meia maratona não ia acontecer. Correr 21km com aquela dor não era uma opção, mas pelo menos ia tentar.

Fiz bastantes alongamentos no dia antes da prova e no próprio dia, e decidi que ia avaliar como me sentia aos 5km, e se tivesse a mesma dor dos outros dias faria apenas a mini maratona (7km), caso contrário seguia o percurso da meia.

 

E assim foi, não estava a 100%, sentia um pouco de tensão na zona lombar, mas nada a ver com as últimas corridas e aos 5km decidi seguir para os 21km!

Apercebi-me nesta altura que estava a correr a um ritmo um pouco rápido, no qual nunca tinha corrido uma meia maratona, mas o meu relógio parou 3 ou 4 vezes durante a corrida e não tinha bem a certeza se o ritmo que ele me indicava estava certo. Quando passei os 10km o relógio da corrida marcava 54 minutos e qualquer coisa, no meu tempo de chip seriam uns 53 minutos, o que já era um recorde pessoal pois o meu melhor tempo aos 10km era de 54 minutos! Só pensei que estava a ir depressa demais e não sabia se ia aguentar mais 11km neste ritmo pelo de decidi abrandar um pouco.

Foi a primeira meia maratona que fiz sozinha do início ao fim, e digo-vos que nunca pensei que psicologicamente fosse tão difícil. Sofri bastante e pensei muitas vezes em desistir mas desde que passei nos 10km com aquele tempo só pensava que o objectivo de baixar das 2h estava tão perto, que só dependia de mim e isso sem dúvida que me ajudou a corrida até ao fim!

 

Foi mais uma superação e uma sensação indiscritível de realização pessoal!

 

Obrigada ao Crossfit pelos treinos intensos, foi devido a eles que consegui fazer este tempo certamente :-)

Obrigada ao meu Osteopata Nuno Barreto que me no sábado colocou Kinesio Tape na minha lombar e no meu pé, certamente fez toda a diferença (sobre as Tape mais tarde farei outro post!).

Obrigada à I,à C, ao P e ao T que me fizeram companhia antes da prova!

Obrigada ao meu pai que está sempre lá a dar aquela força nos últimos km's <3

E obrigada a quem esteve comigo em pensamento e a seguir-me na aplicação da Meia Maratona, vocês sabem quem são :-*

 

 

 

O meu primeiro Trail!

IMG_2100.JPG

 

Já falei aqui em alguns posts sobre a corrida, como comecei a correr e a última prova que fiz, a meia maratona de lisboa. É verdade que no ano que passou me tenho dedicado muito menos à corrida por causa do Crossfit mas não deixei de correr e muito menos de gostar de correr! 

 

Embora já corra há alguns anos nunca tinha feito um trail e embora fosse algo que nunca me tivesse puxado muito, tinha alguma curiosidade de experimentar! Inclusive tenho alguns amigos que fazem e que há imenso tempo me andavam a dizer para ir experimentar.

  

Recentemente surgiu a oportunidade quando foi organizado na Box Crossfit Alvalade um trail de 10km no Monsanto para este fim de semana passado. Quando a actividade foi partilhada pensei logo que seria uma excelente oportunidade para finalmente experimentar, mas um domingo às 8h da manhã depois de uma semana intensa de treinos?! Já para não falar de trabalho... e fiquei na dúvida se teria vontade de sair da cama tão cedo a um domingo e pensei naquele momento que era melhor ficar para outra oportunidade. Mas a verdade é que fiquei a pensar naquilo e sábado quando fui treinar lá me decidi a inscrever!

 

Claro que quando no domingo o despertador tocou às 6h40m da manhã pensei que estava era maluquinha da cabeça :-) Mas lá fui! Mas quando meto uma na cabeça é para fazer e pronto e se me tinha inscrito ia e mais nada!

 

Apesar do vento não estava muito frio, e também não chovia, o que foi uma sorte dado o tempinho horrível que esteve nos dias antes. E pronto, às 8h da manhã já estava no ponto de encontro (parque de estacionamento do penedo) onde iniciámos o percurso. As únicas informações dadas foram que íamos fazer um percurso circular, ou seja que íamos começar e terminar no mesmo sitio, e para termos atenção onde púnhamos os pés para não cair... olha que bom pensei eu, com a tendência que tenho para "me atirar para o chão" isto vai ser bonito! Quem costuma correr comigo sabe do que eu estou a falar :-)

 

Depois do aviso claro que fui sempre com muita atenção para ver onde punha os pés, e houve alturas bem complicadas! Ora eram poças de água, ou lama que nos fazia escorregar (como se pode ver na foto pelo estado em que ficaram os meus ténis), ou raízes de árvores, etc. Tentei correr na maior parte dos 10km, mas em determinados sítios do percurso era impossível correr, subidas muito estreitas e com obstáculos. Outro momento que não consegui manter a corrida e tive que andar foi na subida que nos foi apresentada como a famosa subida do "cozido". Ora de cozido não tinha nada, era uma subida interminável e bastante íngreme. Mesmo assim consegui correr a subida quase toda, já não foi mau :-)

 

Como éramos um grupo grande e ninguém ia ficar para trás íamos parando depois das subidas para esperar por quem viesse mais atrás. Por um lado dava para recuperar um pouco o fôlego, mas não gosto muito de parar nas corridas e voltar a correr, parece que custa mais depois continuar.  

Mas também percebi que faz parte do trail, é um esforço mais inconstante do que a corrida em estrada e é muito importante ir gerindo o esforço mediante o percurso o que era um bocadinho difícil neste caso pois não fazia ideia do percurso que íamos fazer. Aliás cheguei a pensar a meio que se me perdesse por algum acaso do resto do grupo nem sabia voltar ao carro porque não fazia a mínima ideia de onde estava! 

 

Não contando com estas paragens demorei 1h20m a fazer os 10km's. Não foi muito bom mas para primeira experiência acho que também não foi mau :-)

 

Concluindo, gostei da experiência, mas o trail ainda não me convenceu, continuo a preferir correr em estrada porque sou mais fã de corridas onde o ritmo é mais constante!

 

 

 

 

 

 

Inspiração #1 - A primeira maratona!

A primeira maratona?! Calma, não vou fazer uma maratona, já vos contei algumas das minhas aventuras nas meias maratonas (vejam aqui) mas maratona acho que não tenho coragem, quem sabe um dia!

 

Admiro bastante pessoas determinadas e que lutam por um objectivo sem desistir dele, mesmo quando surgem alguns obstáculos, e quando soube que o meu amigo André ia fazer a sua primeira maratona comecei a pensar que era interessante partilhar um bocadinho da sua história e experiência na corrida aqui no blog :-)

 

 

Fala-me de ti e do teu passado com o desporto?

 
O André tem 28 anos e embora sempre tenha convivido com muita gente ligada ao desporto nunca levou a desporto a sério. Para além das normais aulas de educação física todos temos na escola, praticou futsal quando era miúdo, fez natação durante mais de 10 anos e tudo o resto foram experiências das quais desistiu ao fim de pouco tempo (como por exemplo Karaté)! 

 

Há 3 anos e meio inscreveu-se no ginásio por influência de colegas e amigos e porque começou a sentir necessidade de fazer algum exercício e deixar de ter uma vida tão sedentária. No ginásio apenas fazia aulas de grupo (cycle, body pump, total condicionamento, etc) mas nunca máquinas!

 

andrecorrida.jpg

 
Quando começaste a correr? E porquê? 
 
Participou em algumas provas com o pai há alguns anos, como por exemplo a primeira corrida do Benfica e algumas mini maratonas da ponte 25 de Abril mas sem nunca treinar.
 
Há um ano e incentivado pelo cunhado e pela namorada que sempre fizeram bastante desporto decidiu começar a correr. Coincidiu com o fim do período de fidelização do ginásio que acabou por deixar também também pelo facto de poder continuar a fazer exercício sem qualquer custo (é uma das vantagens de correr!) e ainda com a vantagem de ter o acompanhamento do cunhado que é corredor e fisioterapeuta!
 
Iniciou um plano de treinos definido pelo cunhado que consistia em realizar 1 a 2 treinos de corrida por semana e 1 treino funcional com exercícios de fisioterapia para evitar lesões, corrigir postura de corrida, etc.   
E embora tenha começado sem grandes objectivos rapidamente os primeiros resultados dos treinos surgiram quando na primeira prova dos 10km baixou o seu tempo dos 50 minutos!
 
Rapidamente o plano foi ajustado (2 a 3 treinos por semana de corrida mais o treino funcional que já fazia parte do plano anterior) já com o objectivo de correr a primeira meia maratona! Mas seguiram-se bastantes provas de 10km e algumas de 15km nas quais sentia cada vez mais os resultados dos treinos. 
A meia maratona acabou por acontecer apenas há 2 meses atrás, a Meia Maratona de São João das Lampas (mais conhecida pela São João das Rampas, por isso já podem imaginar que não deve ser uma prova nada fácil...) e o tempo foi bastante bom, 1h49m.
 
andremeia.jpg
  
 
E a maratona como surge? Porquê e quais os teus objectivos?
 
O cunhado já estava inscrito na maratona de Valência com o objectivo de melhorar a sua marca pessoal para menos de 3h. Há quatro meses e meio por brincadeira o André também se inscreveu na maratona! 
Quando lhe perguntei porque se tinha inscrito e quais os seus objectivos a resposta foi: "primeiro à maluca pela experiência, segundo com o objectivo de acabar e acabar bem (ou seja sem dores e/ou lesões) e terceiro e o menos importante mas que começa a ganhar algum peso à medida que os treinos vão evoluindo é o tempo de prova!"
 
"Se me inscrevi na maratona é para ir e cumprir o objectivo"
 
A expectativa é fazer entre as 4h15m e as 4h30m mas o treinador acha que o André consegue fazer abaixo das 4h :-) E sinceramente eu também! Mas como corredora percebo perfeitamente o objectivo que temos numa primeira prova deste género de apenas acabar e acabar bem!
 
 
Que tipo de treinos fizeste para a maratona?
 
Nestes últimos 4 meses o André fez mais de 60 treinos dos quais o mais longo foi de 35km.
O novo plano para a maratona passou a incluir mais um treino de corrida que era essencialmente de séries (treino de velocidade), ou seja passou a 3 a 4 treinos de corrida por semana mais o treino funcional, sendo um dos treinos de corrida de séries (velocidade) com o qual sentiu bastante evolução a nível de velocidade e que lhe permitiu melhorar bastante o seu tempo, por exemplo para 45 minutos nos 10km! 
  
 
Que mudanças sentiste com a corrida?
 
Evolução a nível físico e muscular, especialmente a nível das pernas que nunca foram tão musculadas e claro muito maior resistência. 
"Sinto-me mais vivo, sinto-me em forma!"
 
Surpreendentemente quando lhe perguntei "Gostas de correr sozinho?" acho que até me arrependi de fazer esta pergunta porque a resposta foi, e obrigada André pela sinceridade :) "Não gosto de correr! Estou a começar a gostar de correr 5km, 10km mas quando chego aos 15km já estou farto, mas o por-me à prova e querer superar os meus limites é mais forte!"  
 
 
E depois da maratona? Vais deixar de correr?
 
"Não vou deixar de correr, mas não quero fazer outra tão cedo! Quero estabilizar nos 10km e nas meias maratonas e iniciar-me no trail. Em 2016 quero intercalar a corrida em estrada com o trail. Ainda só fiz 2 treinos de trail mas o facto de ser menos monótono e também pelo contacto com a natureza dá-me mais motivação!"
 
Também gostava de se aventurar no Vertical running. Pessoalmente nunca tinha ouvido falar mas parece que são corridas em escadas de prédios. O objetivo é chegar ao topo do prédio no menor tempo possível onde a escadaria interna do prédio é a rua do atleta. Em Portugal apenas existe uma prova AquaShow de Quarteira.
 
 
E alimentação? Tens algum cuidado no dia a dia? E nos treinos e provas?
 
E não fosse este um blog também sobre alimentação não poderiam faltar esta pergunta!
Pois parece que no dia a dia até hoje o André tem cuidados zero com a alimentação! Temos que mudar isso :-) Mas aqui fica a promessa para depois da maratona de começar a ter cuidados com a alimentação pois acha que vai influenciar a sua condição física!
 
"Já senti melhorias com o exercício e acho que vou sentir ainda mais com a alimentação!"
 
Também ao nível dos treinos e provas Inicialmente não tinha qualquer cuidado com a alimentação antes, durante e depois da corrida. Quando iniciou o plano de treinos para a maratona, o treinador também lhe deu um plano de alimentação para treinos mais longos que foi sendo testado até estar preparado para a maratona. 
 
No pré-treino o André come hidratos de carbono na refeição anterior e 30 minutos antes uma dose de frutos secos para dar energia. Durante o treino há que ter atenção especial não só à alimentação mas também à hidratação pelo que de hora em hora ingere 0,5l de água. A alimentação para a maratona vai começar aos 45 minutos de prova com frutos secos e seguem-se de meia em meia hora barra de frutos, bolo energético (proteína e hidratos de carbono), banana e por fim hidrógel até ao final da corrida. No pós treino já sabemos que é bastante importante a ingestão de proteína para a recuperação muscular pelo que até meia hora depois toma um batido de proteína e a refeição seguinte é composta geralmente por carne ou peixe e brócolos.
 
 
 
A maratona é já este fim-de-semana dia 15 de Novembro e vou estar a torcer pelo André! Depois partilho com vocês o resultado :-)
 
"Se me inscrevi na maratona é para ir e cumprir o objectivo!"
 
Boa sorte André!!! 
 
 

marathon.jpg

 

 

 

 

 

Color run :-)

Certamente já ouviram falar na Color Run, a conhecida corrida dos "5km mais felizes do planeta" certo?! A ideia surgiu nos EUA e desde 2013 já foram feitas várias corridas em Portugal. Há bem pouco tempo foi a corrida de Cascais e lembrei-me que podia falar aqui da corrida de Lisboa, que foi precisamente em 2013. Sim foi há 2 anos, mas nunca é tarde para partilhar :-)

 

Definitivamente esta não é uma corrida para quem gosta de correr e quer efectuar uma prova de 5km! É uma "corrida" de diversão e com o objectivo de acabar todo colorido :-) 

Cada km está associado a uma cor: amarelo, laranja, cor de rosa e azul e tem uma Color Zone onde os participantes são pulverizados de cor! 

conceito2.jpeg

 

E foi por isso que me inscrevi, por ser uma coisa diferente e não propriamente pelo facto de ser uma corrida.

A corrida foi no dia 6 de Julho, e tirando o facto de estarem cerce de 40 graus às 18h da tarde, hora mais ou menos de começo da corrida, foi bastante engraçado. Os 5km foram feitos quase sempre a andar, aproveitando bem cada color zon! No final cada um de nós tinha ainda um saquinho de cada cor e foi mais um banho de cor :-)

 

O resultado final foi este abaixo! As fotos foram tiradas pelo fotografo Pedro Mendonça. Já vos tinha falado do trabalho dele aqui.

Se ainda não participaram em nenhuma experimentem, vale a pena! 

_MG_0067.jpg_MG_0066.jpg